logomarca
  • Você está em:
  • Página inicial »
  • »
  • Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina.

Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina.

imprimir tamanho da letra: A- normal A+

Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina.

Texto: Provérbios 6:16-19

“Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos”.

Introdução

O livro de provérbios nos traz uma série de instruções e advertências que nos mostram de forma muito clara o que Deus espera de nós, na medida em que Ele nos orienta e, também, nos coloca as coisas que O aborrecem.

Nos versículos que lemos estão expressas sete ações que são repugnantes ao Senhor e que devemos banir do nosso comportamento, pois não há menor condição de se ter uma relação duradoura com Ele cometendo esses erros, quais sejam: orgulho, mentira, assassinato, conspiração, ânsia por fazer o mal, falso testemunho e incitação à discórdia.

  • Aborrecer quer dizer sentir horror àlguma coisa.
  • Abominar é detestar.

Quando a Bíblia diz que Deus aborrece e abomina algumas coisas, devemos prestar atenção para evitar tais coisas em nossas vidas.

 Examinemos estas sete coisas que contradizem o santo caráter de Deus:

A primeira das coisas que Deus se aborrece são olhos altivos.

Os olhos altivos de Saul foram a causa da perda do seu trono. Saul era orgulhoso e todo orgulhoso é rebelde. Todo orgulhoso é altivo de espírito. Em Provérbios 16:18 a Bíblia diz: “A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda”. A altivez de espírito de Saul aborreceu Deus que tirou o trono de Saul e o deu a Davi, um jovem rapaz que a Bíblia descreve como sendo um homem que andava segundo o coração de Deus. Quando andamos segundo o coração de Deus, nem mesmo os gigantes que se colocam em nosso caminho podem nos deter. O gigante Golias subestimou Davi e caiu. Quando andamos segundo o coração de Deus, sem altivez de espírito, herdamos posições de destaque e superamos gigantes porque a Bíblia diz em 2 Coríntios 3:5 “não que, por nós mesmos, sejamos capazes de pensar alguma coisa, como se partisse de nós; pelo contrário, a nossa suficiência vem de Deus”.

 A segunda coisa que aborrece Deus é uma língua mentirosa.

Das sete coisas que Deus aborrece, três são pecados da língua. Deus odeia a mentira e todo mentiroso será castigado por Deus (Sl 7.12-16). Muitos têm confiado na mentira achando que podem enganar o próprio Deus.
Deus é verdade, e a mentira não vem dele (Jo 8.44). Temos que aprender falar a verdade (Ef 4.25). O verdadeiro discípulo é aquele que odeia e abomina a mentira e busca a verdade da Palavra de Deus (Sl 119.163). Jesus pediu que os seus discípulos fossem santificados na verdade (Jo 17.17). 

A língua mentirosa de Ananias e Safira, fato narrado em Atos 5, levaram-lhes à morte. Isso aconteceu porque Deus fica aborrecido quando mentimos. Deus não admite mentira, porque Ele é verdade e nos afirma isso em João 14:6 quando diz: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém vem ao Pai, senão por mim”. Jesus é o próprio Deus. No Evangelho de João 1, a Bíblia diz que Ele estava no princípio com Deus e que todas as coisas foram feitas por Ele e sem Ele nada do que foi feito se fez. Deus não admite mentira nem por brincadeira e diz em sua Palavra que todo mentiroso é filho do diabo e em Apocalipse alerta de que os mentirosos não entrarão no reino dos céus. Não esqueça de que Deus fica muito aborrecido quando você mente, mesmo que seja por brincadeira. De que fica aborrecido quando você conta vantagens para impressionar as pessoas. Mentir não é só dizer o contrario da verdade, mas, é também aumentar ou diminuir as coisas que foram ditas.

Tiago nos exorta com estas palavras: “Meus irmãos, não vos torneis, muitos de vós, mestres, sabendo que havemos de receber maior juízo. Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça no falar, é perfeito varão, capaz de refrear também todo o corpo” (Tg 3:1,2).

A terceira coisa que aborrece Deus são mãos que derramam sangue inocente.

As mãos assassinas de Caim derramaram o sangue inocente de Abel. Caim foi amaldiçoado por Deus. Isso aconteceu porque Deus se aborrece quando derramamos sangue inocente. Inocente é alguém que não tem culpa. Derramar sangue de uma pessoa inocente, por maldade, por falta de controle emocional, mesmo que seja pouco, deixa Deus muito aborrecido. Se as coisas não estão dando certo para você não atribua culpa a ninguém. Não saia por aí distribuindo ofensas e atitudes que ferem as pessoas. Não desconte em quem está perto de você as suas frustrações, mágoas e decepções. A falta de equilíbrio emocional leva à violência e a violência gera morte. A Bíblia diz em Salmos 140:11 que todo violento será perseguido com golpe sobre golpe. Se você é violento está escrevendo a sua própria sentença e deixando Deus muito aborrecido com suas atitudes.

 A quarta coisa que aborrece Deus é um coração que trama projetos iníquos.

Você já tramou algo, visando prejudicar alguém?

Hamã tramou projetos iníquos contra Mordecai, tio de Ester e tudo o que havia tramado se voltou contra ele mesmo, porque Deus se aborrece quando tramamos projetos iníquos. Certamente você não se esqueceu de que Deus se torna nosso adversário quando tramamos projetos iníquos, de que coloca seus anjos para impedir que nossos planos se concretizem. Às vezes Deus até permitirá que aquilo que você arquitetou aconteça, mas você pagará no futuro um preço muito alto.

 A quinta coisa que aborrece Deus são pés que se apressam a correr para o mal. Prov.1:15-16

A desobediência de Adão aborreceu Deus. Seus pés apressaram-se a correr para um mal, apresentado emergencialmente como uma coisa boa. Em consequência disso Adão perdeu todas as regalias do lindo paraíso que Deus havia feito para ele.

Os pés de Sansão o levaram a correr para o mal e como consequência disso aquele nazireu, homem consagrado a Deus, forte, valente e destemido foi humilhado diante de um povo incrédulo e hostil. Quando deixamos que nossos pés nos conduzam para o mal, aborrecemos Deus que permitirá que sejamos humilhados e hostilizados. Devemos dedicar nossos corpos como sacrifícios vivos para fazer a vontade do nosso Criador e Redentor:

Romanos 12:1-2

A sexta coisa que aborrece Deus é uma testemunha falsa que profere mentiras.

Se você não viu, não estava presente no ato do ocorrido, você não pode ser testemunha. Deus se aborrece com aquele que serve de testemunha sem ter presenciado o fato. Deus denomina essa pessoa de falsa testemunha. Deus se aborrece com a falsa testemunha que profere mentiras.

Muitas pessoas aceitam serem falsas testemunhas para se promoverem ou se beneficiarem à custa da desgraça de outras pessoas. É por isso que Deus se aborrece com esse tipo de pessoa. Em II Samuel 2, a Bíblia narra a história de um amalequita que tentou tirar proveito da morte de Saul, inventando uma história fantasiosa. Disse que havia presenciado o fato, disse inclusive que havia participado dele, mas era uma testemunha falsa proferindo mentiras. Irritado o rei Davi, mandou matá-lo. Tome cuidado. Ofereçam o que lhe oferecerem, não seja uma testemunha falsa que profere mentiras porque Deus se aborrecerá com você.

O texto de nossa meditação diz que a sétima e última coisa não só aborrece Deus, mas é por Ele abominada.

A palavra abominação evoca uma atitude de rejeição. No A.T, abominação era tudo aquilo que era rejeitado por ser impuro, reprovável, nojento e maldito. A idolatria e a magia eram consideradas, como ainda são, abominações. Tudo que e abominável afasta as pessoas de Deus.

 A sétima coisa que aborrece Deus e que Ele abomina é semear contendas entre irmãos.

Semear contendas entre irmãos é fazer fofoca. É ser fuxiqueiro. É gostar de disse-me-disse. Deus rejeita esse tipo de atitude. Deus considera impuro, reprovável, nojento e maldito quem gosta de fofoca, de fuxico, de disse-me-disse.

Semear contendas entre irmãos é uma atitude diabólica, por isso Deus não somente se aborrece como também abomina. Aos olhos de Deus essa atitude é abominável porque afasta as pessoas, encaminhando-as a uma vida de amargura, frustrações, decepções e vingança.

Evite qualquer tipo de fofoca, de fuxico, de disse-me-disse. Quando alguém se aproximar de você para falar algo que denigra a imagem de outra pessoa, seja educado e diga que você não gostaria de saber, tomando essa atitude, você estará se poupando de partilhar com aquele que semeia contendas o seu pecado.

Controle sua curiosidade. Mesmo quando o fuxiqueiro disser a você: “Tem certeza de que não quer ouvir?”. Diga: Tenho !

Quer outra solução? Todas as vezes que uma pessoa lhe procurar para falar algo dos outros aproveite e una suas mãos a dela, firmemente, depois a convide a orar com você naquele momento mesmo. Ore a Deus pedindo que livre aquela pessoa do pecado que Deus abomina. Terminada a oração, dê um abraço em seu irmão e leia para ele o texto bíblico de nossa meditação.

Em Levítico 19:16 a Bíblia diz: “Não andarás como mexeriqueiro entre o teu povo; não atentarás contra a vida do teu próximo. Eu sou o SENHOR”.É uma ordem de Deus. Não ande como mexeriqueiro, dando conta da vida de um e de outro, pois a Bíblia diz que cada um dará conta da sua própria vida diante de Deus.

Se as pessoas sempre procuram você pra contar as coisas é porque vêem em você um mexeriqueiro em potencial. Ninguém procura ninguém sem um objetivo. Quando lhe procuram sabem que você passará a conversa adiante. Olha a ordem de Deus: Não ande como mexeriqueiro entre teu povo.

Em Provérbios 11:13 a Bíblia diz: “O mexeriqueiro descobre o segredo, mas o fiel de espírito o encobre”. Quando você fica sabendo de algo você sai por ai procurando saber a verdade, ou guarda e ora pela pessoa? Se você sai por ai tentando descobrir você é um mexeriqueiro. Se você guarda e ora pela pessoa você é fiel de espírito.

Em Provérbios 20:19 a Bíblia nos dá um conselho. Diz assim: “O mexeriqueiro revela o segredo; portanto, não te metas com quem muito abre os lábios”. Se você conhece alguém que não controla sua língua, não se envolva com ela.

Não esqueça: semear contendas entre irmãos é o pecado que Deus abomina. Guarde-se dele. Que Deus nos abençoe.

Deixe seu comentário
  • Sarah Batalha (sarah.jhonata@gmail.com) 2014-07-04 08:38:19:
    Postagem perfeita. Enriqueceu meus conhecimentos, me alertou, me pôs em reflexão, enfim a verdadeira palavra que não volta vazia, e isto nos testifica quem foi verdadeiramente enviada pelo Senhor..
  • Thakeu de paula viana (assimimobiliaria@gmail.com) 2014-07-02 12:20:11:
    vou ter mais paciencia com a minha cunhada pois eu amo meu irmão ec não posso criar contenda entre eles .
  • Eloir (manoeloirantunesdossantos@hotmail.com) 2014-01-25 07:29:46:
    amei este estudo
  • Sidnei pretti (catarinenseconveniosbru@gmail.com) 2014-01-17 16:27:14:
    Eu acrescentaria ainda um último comentário dizendo que Deus aqui está falando para os crentes,ex: Falando mal de pastores,colocando os irmãos uns contra os outros,matando a fé das pessoas,fazendo comentários maldosos,etc.Não entre nessa meus irmãos,vamos viver o mandamento mais importante:O AMOR. DEUS ABENÇOE.
  • Maria lourdes (lourdsarte@yahoo.com.br) 2013-10-22 19:40:32:
    É infelizmente isto esta acontecendo dentro das Igrejas é lamentável

Parceiros

Videira Cuiabá Vinha FM Videira Goiânia Radicais Livres Vinha Social Radicais Kids